Bem-vindo a Arxo

A ARXO é líder na fabricação de tanques jaquetados e uma empresa brasileira com mais tempo de mercado no segmento de tanques de combustíveis. São 52 anos de qualidade e segurança em tudo o que faz.

Preço da gasolina: saiba quais impostos incidem sobre combustíveis

Preço da gasolina: saiba quais impostos incidem sobre combustíveis

O Brasil é um dos países que impõem a maior carga tributária sobre seus contribuintes. Isso porque, além do tradicional Imposto de Renda, temos que arcar com diversas taxas embutidas em produtos e serviços do dia a dia. E o preço da gasolina é um dos que mais acaba inflado em razão dos impostos.

Na hora de repassar o valor da gasolina ao consumidor, os postos de combustível acabam se tornando reféns de tantas taxas. Mesmo assim, muitos donos de postos não sabem ao certo quais são os impostos que recaem sobre seus produtos.

Continue acompanhando este post e descubra quais são os impostos que incidem sobre combustíveis.

Conheça os impostos que afetam o preço da gasolina

Mesmo sendo um dos maiores produtores mundiais de combustíveis fósseis e vegetais, nosso país é o que pratica um dos maiores valores finais desses produtos. Como dissemos, a principal razão para isso é a alta carga tributária.

Entre os impostos que incidem sobre a gasolina, existem tributos federais e estaduais.

Tributos federais

Os tributos federais são aqueles que se destinam aos cofres da União, conforme estabelecido pela nossa Constituição. Sobre o preço da gasolina incidem dois desses impostos: o CIDE e o PIS/COFINS.

O CIDE, ou Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico, é um imposto que recai exclusivamente sobre a produção, importação e comercialização de combustíveis. Ele representa cerca de 2% do preço da gasolina em todos os estados.

O PIS (Programa de Integração Social) e o COFINS (Contribuição pelo Financiamento da Seguridade Social) podem representar de 7% a 9% do preço da gasolina, de acordo com as definições de cada estado. Seus recursos são destinados ao pagamento de direitos trabalhistas, no caso do PIS, e para a área da saúde, caso do COFINS.

Tributos estaduais

Esses são os impostos destinados a financiar as atividades dos Estados. Quando falamos sobre combustíveis, existe apenas um tributo estadual que pesa em seu valor: o ICMS.

Apesar de ser o único imposto estadual que afeta os combustíveis, o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é o que representa a maior parte do seu valor. Cada Estado define a alíquota a ser cobrada, de modo que, atualmente, ela varia de 25% a 32% do preço da gasolina.

Entenda a importância de considerar os impostos no seu posto

A grande quantidade de impostos que recai sobre as empresas brasileiras é algo que todo empreendedor  deve considerar na hora de elaborar o seu planejamento financeiro.

Quem administra postos de combustíveis também precisa estar atento. Isso porque o impacto que os impostos causam no valor do produto final pode chegar a cerca de 40% no caso da gasolina. O etanol e o diesel possuem algumas isenções fiscais, fazendo com que as taxas representem cerca de 28% em seus valores.

Essas informações são fundamentais na hora de definir o preço dos combustíveis ao consumidor em seu posto de gasolina. Assim você consegue manter o caixa no azul sem perder a competitividade.

Agora que você já sabe quais são os impostos que influenciam no preço da gasolina, que tal compartilhar este post com seus amigos em suas redes sociais?

Deixe uma resposta