Bem-vindo a Arxo

A ARXO é líder na fabricação de tanques jaquetados e uma empresa brasileira com mais tempo de mercado no segmento de tanques de combustíveis. São 52 anos de qualidade e segurança em tudo o que faz.

Passo a passo: como montar um posto de gasolina

Passo a passo: como montar um posto de gasolina

Você certamente já notou como, de uns anos para cá, a quantidade de veículos nas ruas só vem aumentando, não é mesmo? Diante desse cenário, não restam dúvidas de que montar um posto de gasolina é um investimento que oferece todas as condições para um retorno garantido!

Mas acontece que, para conquistar o sucesso nesse ramo negócio, é necessário estudar todas as circunstâncias que o cercam antes de sequer pensar em vender seu primeiro galão. Mas nada de desespero! Para ajudá-lo nessa empreitada, listamos aqui um passo a passo para permitir que invista com segurança. Fique de olho!

Comece pela escolha da bandeira

Em relação à bandeira para seu posto, você tem 2 alternativas: escolher alguma distribuidora ou ser bandeira branca, não adotando nenhuma.

Bandeira da distribuidora

Se essa for sua opção, a própria distribuidora custeará a construção e a manutenção do posto. Nesse caso, porém, você só pode vender combustíveis desse fornecedor. Mas atenção: antes de adotar uma determinada bandeira, analise a duração do contrato, o valor dos recursos repassados pela distribuidora e o fluxo do preço que ela pretende oferecer nos combustíveis. E estude ainda quais são as metas de vendas mensais impostas no contrato, ok?

Bandeira branca

O posto de bandeira branca tem liberdade para trocar o distribuidor sempre que desejar. Assim, sem a obrigação de ter uma parceria permanente, é possível conseguir preços mais baixos e garantir uma margem de lucro maior. Por outro lado, você é quem vai arcar com os custos da construção do empreendimento.

Opte pela localização ideal

Na hora de escolher a localização do seu posto, observe atentamente a acessibilidade do entorno e avalie se a visibilidade do local é boa. Considere o tráfego e o fluxo de veículos nas redondezas, ao mesmo tempo em que avalia a iluminação do espaço para que seja fácil encontrar seu posto.

De acordo com a legislação referente ao setor, não é permitido construir em locais próximos a nascentes e rios. E ainda vale lembrar que cada cidade tem uma regra específica sobre a distância mínima de um posto para outro. Por esses motivos, o ideal é consultar os devidos critérios ambientais antes de tomar qualquer atitude na compra de um terreno com esse fim.

Planeje a estrutura do posto

Basicamente, a estrutura de um posto é composta por uma área coberta. É preciso deixar um espaço amplo perto das bombas de combustíveis para facilitar o fluxo dos carros em todos os sentidos. Embaixo desse abrigo ficam também o balcão para o caixa e algumas prateleiras com produtos relacionados, como óleos e lubrificantes.

É importante cadastrar os tanques de armazenamento de combustíveis na Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), órgão regulador. Outro detalhe que demanda atenção é que as bombas devem estar em perfeito estado, adequando-se às exigências do Inmetro.

Calcule o investimento

Segundo o Sebrae, o valor estimado para a implantação de um posto de combustível de aproximadamente 900 metros quadrados gira em torno de 260 mil reais. Basicamente, esse dinheiro é investido nos seguintes itens:

  • cerca de 150 mil reais para a construção e a reforma das instalações;
  • menos de 80 mil destinados ao capital de giro para suportar o negócio nos primeiros meses de atividade;
  • pouco menos de 20 mil reais em equipamentos para o funcionamento do posto;
  • mais de 10 mil para despesas de registro, honorários profissionais e taxas;
  • por volta de 3 mil reais para o mobiliário da área administrativa.

Reserve recursos para o capital de giro

Além dos recursos que serão diretamente destinados à construção do seu posto de gasolina (principalmente no caso da bandeira branca), é fundamental dispor de uma parcela a mais para o capital de giro. Afinal, é preciso ter dinheiro em caixa para garantir a renovação do estoque de combustível.

Nesse sentido, o ideal é manter uma quantidade equilibrada. Ao mesmo tempo em que um volume grande não é recomendado, manter pouca quantidade pode ser arriscado, eventualmente resultando na falta de produto para os clientes.

E então, gostou de saber mais sobre como montar um posto de gasolina? Confie na sua visão empreendedora e estude as melhores opções para investir com segurança! Já sabe se pretende adotar alguma bandeira ou prefere ser totalmente independente? Deixe um comentário e nos conte!

5 Comentários

Tiago Gobbi Publicado em16:08 - 12 de outubro de 2019

Ao que me consta, para um investidor iniciante e que não dispõe de tantos recursos, trabalhar com uma bandeira soa como a melhor opção.

Lucas Publicado em10:12 - 20 de novembro de 2019

Excelente explanação sobre o assunto.
Os postos de combustíveis também precisam se regularizar junto ao corpo de bombeiros para emissão do AVCB ou CLCB, além do licenciamento ambiental na CETESB (SP). mais informações
em http://ferrarisolucoes.com.br

Júlio César da Silva Feijó Publicado em16:44 - 22 de novembro de 2019

Muito Bom! Neste material você aprende praticamente tudo o que é necessário para fazer um excelente planejamento de como montar um posto de combustíveis. Como planejar, montar e desenvolver as ideias para implantação. Muito obrigado!!

Júlio César da Silva Feijó Publicado em16:44 - 22 de novembro de 2019

Muito Bom! Neste material você aprende praticamente tudo o que é necessário para fazer um excelente planejamento de como montar um posto de combustíveis. Como planejar, montar e desenvolver as ideias para implantação. Muito obrigado!!

José Carlos de Souza Publicado em20:12 - 14 de abril de 2020

boa tarde
esses valores são financiáveis com uma certa distribuidora ou não

Deixe uma resposta